Pular para o conteúdo principal

Deputado Othelino Neto diz que oposição tenta politizar questão dos índios que protestam na ALEMA


O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) disse, na sessão desta quarta-feira (08), que a questão dos indígenas do Estado está sendo tratada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) de forma responsável e respeitosa. No pronunciamento, o parlamentar criticou a oposição por estar tentando politizar o assunto.

Segundo ele, não há como deixar de lembrar que o calote de cerca de R$ 50 milhões, referentes ao transporte escolar indígena, foi deixado pelo governo Roseana Sarney (PMDB). “Foi ela quem não pagou. O atual governo já quitou R$ 4 milhões - R$ 2 milhões de 2013 e R$ 2 milhões de 2014 - de processos que já foram auditados”, esclareceu.

O deputado disse que já conversou com o secretário de Articulação Política, Márcio Jerry, e ele reforçou a disposição do Governo de negociar, de pagar aquilo que foi executado. “Mas para o Estado pagar, vai ser necessário constatar a regularidade dos processos, até para que não seja responsabilizado por pagamentos indevidos”, frisou.

PARECERES DA MPF E FUNAI

Segundo Othelino, existem pareceres do Ministério Público Federal e da Fundação Nacional do Índio (Funai), apontando irregularidades em diversos processos referentes ao transporte escolar. “Isso, nem de longe, tira o desejo do Governo de resolver o problema, mas é preciso pagar aquilo que é devido dentro do que estabelece a nossa legislação”, disse.

Sobre a atitude da oposição de querer relacionar o “desaparecimento de um índio” com o Governo, o deputado disse que isso não merece comentários, porque é algo absolutamente descabido. Segundo informou o parlamentar, houve uma reunião no Palácio Henrique de La Rocque envolvendo o cacique Dilamar, que fez uma interlocução no sentido de resolver o problema, com a presença do empresário Uirauchene Alves e do jornalista Rafael Arraz, no Palácio Henrique de La Rocque.

“Não foi uma reunião num escritório dele ou num lugar neutro, foi um encontro oficial na sede do Governo. Lá, o empresário Uirauchene Alves solicitou o pagamento das empresas e o secretário Márcio Jerry disse que o governo só passará a negociar de novo depois que acabar o movimento na Assembleia e que se restabelecer a normalidade das coisas”, esclareceu.

PAUTA CLARA E OBJETIVA

Para Othelino Neto, a pauta foi clara e objetiva, sem nenhuma tentativa de fazer uma curva ou um atalho para se chegar a uma solução. O parlamentar fez um apelo à oposição para que não tente transformar a questão em um assunto, meramente, politiqueiro e que procure ajudar a resolver a situação.

O deputado reiterou que as providências estão sendo tomadas pelo Governo, no sentido de resolver a situação e reafirmou que a atual gestão só pagará os processos que estiverem regularizados e cujos serviços tiverem, comprovadamente, sido prestados.

Já o deputado Raimundo Cutrim (PCdoB) informou que sugeriu ao presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), a criação de uma comissão para negociar com os indígenas acampados na Casa. O parlamentar revelou que como delegado de Polícia Federal trabalhou a maior parte do tempo junto às áreas indígenas, no Maranhão e em outros estados, a exemplo de Roraima, com os Ianomâmis.

Por conta dessa experiência, Cutrim afirmou que percebeu que ao longo dos anos os direitos dos índios sempre são deixados de lado e explicou que a comissão seria para conversar com as lideranças e definir como a Assembleia pode dar sua parcela de contribuição junto ao Governo do Estado, para que esse problema possa ser resolvido o mais rápido possível.

“A informação que tenho é que tem um acordo, que tem um documento assinado com a Secretaria de Educação, relativamente à educação. Vamos ver o conteúdo desse documento e, se foi assinado com a Secretaria de Educação e foram discutidos os termos, evidentemente o governador deve ter autorizado, ou não, eu não sei. Mas que a gente analise esse documento, fazendo uma comissão liderada pelo nosso presidente da Assembleia Legislativa, e conversasse com o governador e com a secretaria do assunto específico e se resolvesse essa situação de uma vez por todas”, defendeu.


O deputado afirmou que a Assembleia precisa dar sua parcela de contribuição e não pode ficar de braços cruzados. “Não pudemos é estar empurrando com a barriga e deixar os problemas ocorrerem. Já que os indígenas procuraram a Assembleia Legislativa, e se eles procuraram a Assembleia é porque eles acreditam nos deputados. Nós somos quarenta e dois deputados e aqui nós não podemos estar também fazendo política partidária em cima dos direitos dos indígenas. Vamos buscar o direito que eles têm. Esse é o momento dos deputados todos darem as mãos. Vamos formar uma comissão três ou quatro ou cinco deputados, tanto de oposição como do governo, e analisar a situação”, reiterou

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rômulo Estrela fala da sua estreia na novela Além do Tempo

A nova  novela das 18h, da TV Globo, Além do Tempo estreou na nesta segunda-feira e para promover o primeiro capítulo, a TV Mirante preparou uma ação inusitada, com participação do ator maranhense Rômulo Estrela, que integra o elenco do folhetim, na praça de alimentação do Shopping da Ilha.

No local, aconteceu um flash mob, com encenação de três atores caracterizados com figurino de época. Os atores, previamente ensaiados, encenaram uma cena que trará temas presentes em Além do Tempo, como traição e romance. Ao lado da mãe, Helena Estrela e do pai Sebastião, da irmã Milena e dos amigos, o ator posou para as câmeras e falou da sua expectativa com esse primeiro trabalho em novela.  Ele disse que está muito animado com o desafio e que a novela aborda um tema que o interessa. Na trama ele será Roberto, umbon-vivant galã irmão de vilã Melissa (Paolla Oliveira). O ator também declarou que percebe que a novela está sendo feita com muito cuidado e que é um privilégio ser escolhido para o papel.  R…

V Famtour da Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica

A Abramecom -  Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica  realizou o seu V Famtour de 24 a 26 de setembro de 2017  na paradisíaca Praia do Rosa em Imbituba - SC , Capital nacional da Baleia Franca, uma das mais belas praias do Brasil e única representante brasileira no Clube das Mais Belas Baías do Mundo, reconhecida pela Unesco .
Natureza, cenários de tirar o folego, Mata Atlântica preservada, animais silvestres, modernas e aconchegantes estruturas, charmosas pousadas e sofisticados restaurantes, uma combinação perfeita. Ideal para todos os gostos, seja para esportes como surf, aventuras radicais, para uma viagem romântica, em família ou para reflexão e descanso.
E foi nesse cenário, que o presidente da Abramecom, Arlan Alves e a vice-presidente Neide Bini, receberam os colunistas, jornalistas e convidados. Para que o encontro fosse possível, além do patrocínio oficial da Inkor Tintas e Argamassas, várias parcerias foram realizadas, entre as qua…

Noite de premiação no Espaço Gaia – Troféu Inside By Fofa

No último dia 26 de maio, foi realizado o evento de premiação os Melhores do Ano de 2017 – Troféu Inside By Fofa. A festa, na sua 12º edição, foi organizada pela colunista Ilze Rangel Fofa, e contou com a presença de convidados do Rio de Janeiro, São Paulo e Piauí, empresários, jornalistas e artistas maranhenses. Também esteve presente o presidente da Federação Brasileira dos Colunistas Sociais(FEBRACOS), Ovadia Saadia, de São Paulo e as cantoras maranhenses Cecília Leite e Suramade Castro, do Rio. Durante a premiação, foi enaltecido pelos homenageados, a importância de reconhecer cada profissional que, em suas respectivas áreas, trabalham com o objetivo de promover e contribuir com o desenvolvimento do Estado do Maranhão, dando o melhor que podem. A animação da festa foi comandada pelos Djs Gáudio Trajano, Speto e Vanessa Serra e show com Fernando e Franco, Rafael Rassut, Japa do Arrocha e Erickson Andrade. Teve ainda a apresentação do Coral do projeto Joãozinho Trinta, que executou …